Vereador Valmir Dionizio, homenageia Natalino Sanchez com denominação de rua da cidade

por Stefani Brearley Cordeiro publicado 10/05/2018 15h25, última modificação 14/05/2018 09h44

O Vereador Valmir Dionizio (PSD) apresentou na Câmara Municipal de Assis um Projeto de Lei, que foi aprovado por unanimidade na última Sessão Ordinária, dia 07 de maio. O Projeto de Lei denomina a Rua Projetada “M” do Conjunto Habitacional Nossa Senhora de Fátima, com o nome do Senhor Natalino Sanchez.

Natalino Sanchez era filho de Antônio Sanchez e Maria Cestare Sanchez, tinha 4 irmãos e 4 irmãs. Mudaram-se para a cidade de Assis há muitos, onde Natalino casou-se, em 24/06/1962, com Eide Alves Ribeiro e tiveram 4 filhos, Marilisa Sanchez, Marisa Sanches, Márcio Sanches e Natalino Sanchez Filho. Viveu com a responsabilidade da condução de muitas vidas, dentro e fora da família. Não raros são os testemunhos de lealdade, caridade, fraternidade, solidariedade, companheirismo, disponibilidade, participação e presença ativa na vida e no coração das pessoas que com ele conviveram. Durante muitos anos, nas vésperas de Natal, quando familiares e amigos se reuniam em sua casa, que ficava na Avenida Rui Barbosa, 990, para a ceia de Natal, ele saía, sem ser percebido, carregado de assados, para alimentar as pessoas que passavam suas noites dormindo, encostadas nas paredes da Estação Ferroviária de Assis.

Natalino e Ranchinho, figura muito conhecida na cidade como pintor, podiam ser encontrados em muitos velórios, participando das cerimônias, oferecendo solidariedade, ainda que com sua presença, a quem tivesse uma dor para ser dividida. A casa de Natalino estava sempre de portas abertas para quem precisasse de apoio, emocional ou material. Assis foi a cidade escolhida por ele para permanecer, mesmo após deixar essa vida. Inclusive, seu túmulo pode ser traduzido como uma homenagem ao Cemitério de Assis, ornamentando-o com uma escultura de bronze, em tamanho natural, representando a fuga de José, Maria e o menino Jesus para o Egito, muitas vezes sendo esse jazigo fotografado por ocasião da comemoração do Dia de Finados.

Em seu portão, moradores de rua pediam ajuda e agradeciam os auxílios recebidos de variadas naturezas. Sabe-se que socorria acidentes nas estradas, transportava doentes para hospitais, visitava enfermos, viajava longas distâncias para levar pessoas para visitarem parentes doentes ou sãos. Gostava tanto de reunir e proporcionar momentos de confraternização, que não foi mero acaso que nasceu em festa natalina e partiu em festa de ressurreição de Jesus, reunindo pessoas, todas com relatos frescos nas memórias para homenageá-lo por sua vida pautada no otimismo, sempre demonstrado na própria existência.

Natalino Sanchez faleceu no dia 07 de abril de 2012, deixando uma grande saudade no coração de seus familiares, amigos e de todas as pessoas que tiveram o privilégio de com ele conviver. Por ser uma figura notável e inesquecível pelas suas atitudes de generosidade, reconhecer suas qualidades não significa ignorar suas imperfeições. Significa que suas virtudes eram melhores exercitadas, superando, em muito, seus defeitos.

O autor da homenagem, vereador Valmir Dionizio enalteceu a vida de Natalino, "Temos em mente homenagear um grande homem, que muito amou nossa cidade. Ao apresentar o presente Projeto, pretendemos homenagear e perpetuar o nome do Senhor Natalino Sanchez por sua valorosa contribuição ao progresso de nossa cidade".

Foto: Natalino Sanchez

Fonte: Câmara Municipal de Assis